Atribuições do Departamento de Atendimento Espiritual 
Voltar.jpg

1. FUNDAMENTAÇÃO

 

“Vinde a mim todos vós que estais aflitos e sobrecarregados, que eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei comigo que sou brando e humilde de coração e achareis repouso para vossas almas, pois é suave o meu jugo e leve o meu fardo.”

 

JESUS (Mateus, 11:28 a 30; O Evangelho segundo o Espiritismo, cap. VI, it. 1)

 

2. CONCEITO

É o conjunto de atividades que visa a atender, adequadamente, as pessoas que buscam e frequentam o Centro Espírita visando a obter esclarecimento, orientação, ajuda e assistência espiritual e moral.

 

ORIENTAÇÃO AO CENTRO ESPÍRITA

 

3. FINALIDADE

Acolher as pessoas, por meio de ações fraternas e continuadas, de conformidade com os princípios do Evangelho à luz da Doutrina Espírita, oferecendo aos que frequentam o Centro Espírita – em especial aos que o procuram pela primeira vez – o apoio, o esclarecimento, a consolação e o amparo de que necessitam para vencer as suas dificuldades.

 

4. PARTICIPANTES

 

a) Atendentes: Trabalhadores do Centro Espírita, devidamente capacitados para a tarefa.

b) Atendidos: Os que buscam o atendimento:

• pela primeira vez;

• como frequentador habitual;

• como trabalhador do próprio núcleo, em estado de necessidade.

5. DESENVOLVIMENTO

 

O trabalho desenvolvido pelo Atendimento Espiritual no Centro Espírita abrange as seguintes atividades:

a) – Atividade de “Recepção”;

b) – Atividade de “Atendimento fraterno pelo diálogo”;

c) – Atividade de “Explanação do Evangelho à luz da Doutrina Espírita”;

d) – Atividade de “Atendimento pelo Passe”;

e) – Atividade de “Irradiação”;

f) – Atividade de “Evangelho no lar”; e

g) – Atividade de “Implantação do Evangelho no lar”.

Copyrignt CECE todos os direitos reservados